Kenaldinho é o capitão da Seleção CCF na 18ª rodada

24/10/2020 - 00:39

Bem-vindos ao quadro "Seleção CCF". Esse é o principal quadro do nosso site. A Seleção CCF existe desde que o site foi criado e tem ótimo desempenho até então. A escalação da equipe sempre mesclará algumas apostas com as unanimidades da rodada, pois entendemos que essa é a melhor forma de pontuar bem no Cartola FC. Não deixe de conferir a nossa escalação antes de escalar sua equipe caso queira mitar.

Fomos muito bem na última rodada fazendo 72.14 pontos e, aos poucos, estamos subindo na ranking nacional. Nossas últimas 4 rodadas foram muito boas e conseguimos recuperar alguns pontinhos perdidos nas rodadas iniciais. A meta é terminar o turno bem. Dito isso, vamos para a escalação da 18ª rodada:

Alterações: Sai Nathan (dúvida), entra Fernando Sobral.

Sai Jorge Sampaoli (cartoletas), entra Maurício Barbieri.

Fernando Prass está no gol. Não gosto de escalar goleiro mais escalado, mas a rodada está cara e foi a opção que nos restou. Vamos torcer para que ele possa ir bem e fechar o gol contra o Coritiba. Para quem tem cartoletas sobrando, Jean seria uma opção mais interessante.

Zaga com Ligger e Júnior Alonso. Ligger foi escalado por conta do patrimônio, já que a primeira opção seria Pedro Geromel. O zagueiro do Bragantino poucas vezes ficou com o saldo, mas conseguiu fazer pontuações aceitáveis sem o bônus e só negativou uma vez. Além disso, o Bragantino pode não sofrer gols do Goiás, por isso foi escalado. Por outro lado, Alonso é unanimidade e indiscutível.

Heitor e Guilherme Arana são os laterais. Ambos os jogadores são muito ofensivos e têm grande participação em gols das suas equipes. Ainda vale destacar que ambos possuem bom número de desarmes, não precisando de saldo para pontuar.

Meio-campo óbvio com Thiago Galhardo, Nathan e Vinícius. Galhardo é obrigação. Nathan, apesar de estar como dúvida, deve jogar e é um dos principais jogadores do Atlético-MG na competição. Diante de um Sport que deixou de jogar bem, acreditamos que o jogador possa se destacar. Fechamos com Vina que é o artilheiro e dono de bolas paradas de sua equipe, que tem o favoritismo jogando em casa diante do fraco Coxa.

Marinho, Keno e Pedro são os atacantes. Marinho volta a jogar pelo Brasileirão depois de alguns jogos e acreditamos que seja unanimidade, já que pontua bem sem decisão. Keno jogará no sábado de noite contra o Sport e vocês já sabem, né? É mitada! Kenaldinho mitou em jogos no sábado de noite e acreditamos que isso possa se repetir nessa rodada, por isso fica com a faixa. O último nome é polêmico: Pedro. Já estamos de Heitor e vamos com Pedro também. Incoerente? Não! Acreditamos em jogo aberto com gols para os dois lados. Se de um lado pensamos que Pedro possa balançar as redes, de outro estamos confiantes em assistência do Heitor, que é o cobrador de bolas paradas da equipe.

Sampaoli no banco.

CCFnas redes sociais